sábado, 2 de novembro de 2013

Snorkeling: Como começar a mergulhar

         Olá a todos, meu nome é Márcio Alves Siqueira e esse é o primeiro post do Máscara e Snorkel.  Nesse blog eu vou dividir com vocês minhas experiências e as coisas que eu aprendi mergulhando por aí.  O foco aqui é no mergulho livre (com máscara e snorkel ) que é uma porta de entrada para um mundo completamente novo e cheio de experiências únicas. Continue lendo para ter uma introdução ao snorkeling e algumas dicas para começar nesse esporte fantástico. 


     
     A princípio pode parecer muito complicado o uso do snorkel, alguns acham até perigoso. De fato, para quem nunca usou o equipamento, existe um desconforto inicial. Isso é normal. Você está se adaptando a um mundo diferente, aonde o corpo fica mais leve, a respiração é pela boca e você fica com o rosto na água  “voando” por cima de uma infinidade de seres que você nunca imaginou que estavam ali. O segredo é escolher e ajustar corretamente o equipamento, ter calma e levar o tempo que precisar para se acostumar.
       O snorkeling, mergulho livre ou mergulho autônomo é uma atividade esportiva que consiste em mergulhar  em um corpo d’água  usando uma mascara e um snorkel  sem ajuda de nenhum equipamento de respiração artificial, contando apenas com o próprio folego.

O Equipamento

          Além da máscara e do snorkel também existem outros equipamentos bastante usados no mergulho livre que veremos a seguir . Em posts futuros irei analisar individualmente cada tipo de equipamento, qualidade e como escolher o seu.

Máscara e Snorkel

            É o equipamento básico, você pode ter apenas esses dois equipamentos e já vai dar para aproveitar bastante. As melhores mascaras geralmente são de silicone e o visor de vidro temperado, é ela que permite  ver nitidamente dentro da água. O snorkel ou respirador fica preso a mascara e é usado na boca, a maioria conta com válvulas que permite a retirada de água e formatos que dificultam a entrada dela pela ponta superior. Depois que aprender a usa-lo você será capaz de ficar olhando para o fundo, sem ter que levantar a cabeça para fora da água, por quanto tempo quiser. O snorkel  não impede que você mergulhe , basta ao subir a superfície e assoprar com força que a água será expelida. Veja nesse post como escolher sua máscara e seu snorkel .


Nadadeiras

         Nadadeira ,ou pé-de-pato, é um calçado especial que facilita o deslocamento dentro da água. Esse equipamento permite que você se movimente mais rápido, gaste menos energia e mergulhe mais fundo. Mas é importante saber usa-lo, se não ele costuma atrapalhar mais do que ajudar. Veja nesse post como escolher sua nadadeira.

Roupas de neoprene

         As roupas de neoprene são usadas principalmente para proteger do frio e assim permitir mergulhos mais longos , mas elas também acabam protegendo contra arranhões e contato com animais. Elas existem em diversas formas e tamanhos diferentes.

Flutuadores

          Para segurança ou para poupar energia é possível  usar flutuadores para não ter que se preocupar em ficar boiando. Eles são recomendados para quem  tem dificuldades de nadar (já fiz snorkeling até com uma pessoa que não sabia nadar) ou  quem se cansa muito fácil. Em alguns lugares eles são obrigatórios por segurança ou para evitar danos ao ecossistema. Os flutuadores impedem a submersão então podem limitar sua interação com o ambiente, mas permitem maior conforto e segurança. Coletes salva-vidas  podem ser utilizados mas eles foram feitos para deixar a cabeça fora da água então podem atrapalhar um pouco. Existem coletes específicos para snorkeling que mantem o corpo flutuando na posição correta.  Uma solução barata ,e que eu já comprovei que dá certo, são os macarrões de piscinas.


Aonde mergulhar?

           Você pode praticar snorkeling em  diversos lugares  como piscinas, lagos, rios e no mar. As piscinas são boas para aprender e se acostumar com o equipamento mas não oferecem o contato com a natureza que é o maior atrativo do esporte.  A água doce geralmente é turva e escura devido a matéria orgânica em quantidade, mas existem lugares como Bonito-MS em que as condições para o mergulho são excelentes. 
         Mesmo existindo lugares bons em água doce, não se comparam a água salgada. A biodiversidade encontrada no mar  é enorme e diversificada. Os melhores lugares são os recifes de coral que provem abrigo e alimento para uma infinidade de espécies. Os corais  precisam de uma superfície para se fixar , geralmente rochas, naufrágios e ou outros corais mortos. Sendo assim o melhor lugar para mergulhar é próximo a um costão rochoso. É importante também se atentar as correntezas, além de serem perigosas , lugares com correntezas fortes geralmente não tem muitos animais. Perguntar as pessoas do lugar também é uma ótima maneira de descobrir os melhores lugares para mergulhar.


            



           Se você nunca praticou snorkeling e ainda não tomou coragem, quiser algumas dicas ou saber mais sobre o assunto continue acompanhando o blog.

Abraço,


Márcio Alves Siqueira

2 comentários:

  1. Na prática do snorkel a respiração é feita somente pela boca?

    ResponderExcluir
  2. Olá. Gostaria de saber como você utiliza o macarrão de piscina como flutuador. Grato.

    ResponderExcluir