quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Câmeras fotográficas dentro da água: Escolhendo o equipamento

Muitas vezes quando mergulhamos temos momentos que desejamos registrar com uma foto.  Existem diferentes equipamentos que podemos utilizar para tirar uma foto dentro da água. Vamos analisa-los e você decide qual o melhor para você.



Bolsa-estanque


         É o modo mais simples e barato para se tirar uma foto debaixo da água. O preço varia de R$15,00 a R$20,00 . Existem até lugares que alugam essas bolsas.  Ela consiste em uma sacola plastica com um sistema de vedação que impede a entrada de água. Praticamente qualquer câmera digital cabe dentro de uma bolsa-estanque já que elas são maleáveis porém isso pode dificultar o manuseio.
         A desvantagem é que elas tem uma durabilidade menor por isso é sempre bom fazer um teste para evitar acidentes. Coloque um pedaço de papel dentro da bolsa, vede e mergulhe ela na água. Depois retire o papel e veja se ele está molhado. Caso esteja ou você não fechou a trava direito ou ela está com defeito. Só coloque sua câmera se você tiver certeza de que a bolsa funciona.
           Outra desvantagem é a baixa resistência a pressão. Elas tendem a abrir se o mergulho for muito fundo, por isso é melhor ficar na superfície sem afundar a bolsa mais do que 2 metros.


 Caixa-estanque


        É uma opção de mais qualidade em relação a bolsa-estanque porem mais caras. Elas são caixas de geralmente de um plastico rígido que tem  formatado pré-determinado, por isso geralmente se compra uma caixa-estanque para determinado modelo de maquina fotográfica. Isso faz com que os preços variem muito,  geralmente quanto mais cara a câmera mais cara a caixa-estanque. Os preço variam de R$ 40,00 até R$ 600,00 dependendo do modelo. Algumas câmeras já são projetadas para serem colocadas em uma caixa-estanque.
       As caixas-estanque são bem mais resistentes que as bolsas, elas duram mais e aguentam maiores profundidades. Mas é bom fazer o teste do papel também para verificar se a vedação está funcionando direito. Após o uso é aconselhado lavar a caixa com água doce, enxuga-lá e só depois retirar a câmera. Isso evita que a câmera seja danificada com água, sal ou areia.

Câmeras a prova d'água


         Os modelos de máquina fotográfica a prova de água já estão ficando cada vez mais acessíveis. Elas tem vedação própria  e  podem ser usadas diretamente. Vou citar aqui alguns modelos e dizer suas principais características.


Sony Cyber-shot DSC-TF1: Essa é a camera que eu possuo, você pode saber mais sobre ela clicando aqui.  O preço chega a R$1000,00 mas eu comprei a minha por R$ 500,00 .  Tira fotos panorâmicas,  chega a 10 metros de profundidade, resiste a quedas de até 1,5 metros , é a prova de pó e de frio. Tira 200 fotos por carga de bateria.





Sony Cyber-shot DSC-TX20:
É o modelo anterior da 
Sony Cyber-shot DSC-TF1, apresenta alguns recursos a mais porem é menos resitente.  O preço chega a R$1000,00 mas já vi por ai por R$600,00 .  Tira fotos panorâmicas,  chega a 5 metros de profundidade, resiste a quedas de até 1,5 metros , é a prova de pó e de frio. Tira 250 fotos por carga de bateria.



Canon PowerShot D20: É a principal concorrente da Sony Cyber-shot DSC-TF1. O preço varia de R$ 1000,00 a R$ 1700,00.  Tira fotos panorâmicas,  chega a 10 metros de profundidade, resiste a quedas de até 1,5 metros , é a prova de pó e de frio. Filma em câmera lenta. Tira 280 fotos por carga de bateria.




Grande abraço e boas fotos,
Márcio Alves

Um comentário:

  1. Comprei uma bolsa dessa e passei raiva!!! Perdi a paciência para fotografar pq saiu tudo horrível! Preferi guardar o visual na memória! Rs o jeito é comprar uma câmera descente!!

    ResponderExcluir